Especificações técnicas

Macacão Saneamento

Proteção total em ambientes alagados, com acoplagem de luvas e botas

  • Selecionado

  • Selecionado

  • Selecionado

  • Selecionado

Passe o mouse para ampliar

Cores:

  • 1 - Branco

  • 2 - Amarelo canário

  • 3 - Laranja

  • 4 - Vermelho

  • 5 - Azul royal

  • 6 - Azul marinho

  • 7 - Verde bandeira

  • 8 - Verde militar

  • 9 - Cinza

  • 10 - Preto

Tamanhos:

P, M, G, GG, GGX e botas do nº 37 a 45

Personalização:

Logotipo da empresa em serigrafia (silk-screen)

Especificações técnicas:

Tecido: Poliamida de 190 fios revestida com Polivinil Cloreto (PVC) na face externa, com aproximadamente 0.20 mm de espessura total e 201 g/m² de gramatura (nylon emborrachado), com resistência média ao rasgamento de 44,5 N;

Costuras: Duplas, utilizando linha 100% Poliéster nº 120, fechamento em máquina de costura industrial overloque 5 fios e acabamento em máquina de costura industrial reta, com resistência à força de aproximadamente 339 N;

Impermeabilização das costuras: Adesivo aquoso poliuretano (PU) reforçado com fita no mesmo tecido do equipamento, aplicado através do processo KPP2, com resistência à penetração de água de até 37288 Pa;

Fechamento frontal: Abertura em “T” através de dois ziperes horizontais de nylon de 40 cm de comprimento e um ziper vertical de 22cm,  todos protegidos por lapela e entrelapela e puxados em nylon emborrachado; 

Fechamento do pescoço: Através de lapela e velcro de 25 mm;

Capuz: Fixo com cadarços de Polipropileno paralelos, reguladores e ponteiras em PVC e aba em PVC transparente;

Reforços: Entrepernas modelo sanfona;

Botas: De PVC acopladas ao equipamento através de costuras e impermeabilizadas com adesivo aquoso (PU) mais fita no mesmo tecido do equipamento, através do processo KPP2 com resistência ao rasgamento na acoplagem de 1753 N;

Luvas: De PVC acopladas ao equipamento através de costuras e impermeabilizadas com adesivo aquoso (PU) mais fita no mesmo tecido do equipamento, através do processo KPP2 com resistência ao rasgamento na acoplagem de 1259 N.

Solicite orçamento

*Nome obrigatório
*Empresa obrigatória
*Cargo obrigatório
*Telefone obrigatório *Telefone inválido
*Mensagem obrigatório
*reCAPTCHA obrigatório

Produtos relacionados

Especificações Técnicas:

Tecido: Poliamida de 190 fios revestida com Polivinil Cloreto (PVC) na face externa, com aproximadamente 0.20 mm de espessura total e 201 g/m² de gramatura (nylon emborrachado), com resistência média ao rasgamento de 44,5 N;

Costuras: Duplas, utilizando linha 100% Poliéster nº 120, fechamento em máquina de costura industrial overloque 5 fios e acabamento em máquina de costura industrial reta, com resistência à força de aproximadamente 339 N;

Impermeabilização das costuras: Adesivo aquoso poliuretano (PU) reforçado com fita no mesmo tecido do equipamento, aplicado através do processo KPP2, com resistência à penetração de água de até 37288 Pa;

Fechamento frontal: Abertura em “T” através de dois ziperes horizontais de nylon de 40 cm de comprimento e um ziper vertical de 22cm,  todos protegidos por lapela e entrelapela e puxados em nylon emborrachado; 

Fechamento do pescoço: Através de lapela e velcro de 25 mm;

Capuz: Fixo com cadarços de Polipropileno paralelos, reguladores e ponteiras em PVC e aba em PVC transparente;

Reforços: Entrepernas modelo sanfona;

Botas: De PVC acopladas ao equipamento através de costuras e impermeabilizadas com adesivo aquoso (PU) mais fita no mesmo tecido do equipamento, através do processo KPP2 com resistência ao rasgamento na acoplagem de 1753 N;

Luvas: De PVC acopladas ao equipamento através de costuras e impermeabilizadas com adesivo aquoso (PU) mais fita no mesmo tecido do equipamento, através do processo KPP2 com resistência ao rasgamento na acoplagem de 1259 N.

Normas técnicas atendidas:

Norma Ensaio
Norma Regulamentadora nº 6 Normas e exigências sobre o uso dos EPIs
BS EN 25978:1993 Determinação da resistência à Blocagem
ISO 9073-4:1997 Determinação da força de rasgamento trapezoidal
BS EN 1876-1:1998 – Método 10B Determinação do comportamento à baixa temperatura.
BS 3424:1973 – Método 19 Determinação da resistência à penetração de líquidos
ISO 16602:2007 – Anexo B Determinação da força de junção de conexões em vestimentas

Impresso no dia: 20/09/2020


Contatos

  • (51) 3536-1391

    (51) 3536-2055

    (51) 3154-0150

  • kappao@kappao.com.br
  • Rua Manoel Olício Pereira, 96, Areião - São Sebastião do Caí/RS - Brasil - 95760-000